quinta-feira, 22 de junho de 2017

não esta sendo uma boa semana

Ola

Culpa, culpa, culpa....
Não importa o quanto tente não consigo me controlar, me sinto tentada a fazer NF... coisa que não faço ha algum tempo., mas é aquela velha historia: Se eu comer alguma coisa vou comer tudo, então não como nada.
As pessoas acham que me amo, que amo meu corpo... HaHa! Se ao menos soubessem... E se soubessem? Teria coragem de contar pra alguém fora da internet? Acreditariam ?

Queria tanto o controle... queria tanto não ver o que vejo no espelho ultimamente...
Eu odeio, odeio ser essa coisa, odeio perder tempo da minha vida com isso, odeio principalmente a mim mesma.

beijss

segunda-feira, 19 de junho de 2017

the enemy is inside of me

Ola

Não importa o quanto eu tente, não posso me separar dela... Somos uma só.
Presas uma a outra pela eternidade. A que eu fui e a que eu sou hoje. Somos memorias e o presente, a fantasia e a realidade, forças sempre contrarias em conflito inimigas obrigadas a viver sob a mesma pele. Se não a odiasse provavelmente a amaria, mas é difícil amar fragmentos de si mesma.

De o nome que quiser a ela chame de ana se quiser, mas ela sou eu e eu sou ela. A voz continua ela gosta de me torturar,o vazio me presenteia com sua aprovação. Eu a quero e ela me quer... perfeita, coisa que me é impossível.


segunda-feira, 29 de maio de 2017

Go ahead and cry little girl...

Ola
Essa culpa que me consome, viver na minha pele é uma jornada tortuosa. Todas as vezes que caio penso, agora sim essa é a ultima vez, não vou conseguir levantar, porem sigo em frente todas as vezes....
Até quando? Os dias ruins passam e a experiencia dos bons dias faz valer a pena.
Neste momento queria estar na minha cama. Queria um abraço de quem me ama, existe tal pessoa?
Cansada... é como me sinto, cansada.

Beijss

domingo, 28 de maio de 2017

Começa outra semana

Ola

Domingo, amanhã se remomeça tudo, segunda dia universal de se começar dieta.
Essa semana foi relativamente positiva, consegui me controlar bem, mas de quinta pra cá o negocio desando. Dificil mesmo querer fazer isso de TPM/Menstruada. Não teve diferença na balança e não esperava que tivesse.
Essa semana vai ser melhor, meu pior problema é a noite chego da faculdade e tenho vontade de comer o mundo...
Tudo que queria mesmo é aquela capacidade de ficar dias sem comer. Nada me é suficiente.
Meu objetivo dessa semana é perder 1kg.

Beijss

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Ola

Transtorno alimentares são perfeitas ilusões. Corpos "perfeitos" que estão doentes, mentes obcecadas e igualmente doentes.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Novamente...

Ola

Nada fala mais alto que a imagem do espelho, do que os numeros na balança.
Ela parece gritar na minha cabeça todas as verdades que eu já conheço... Sou uma gorda, descontrolada, nojenta, feia...
Tenho comido que nem um bicho desvairado pela fome. O vazio não me larga e qual outra opção me resta?
Eu preciso do controle, as consequências valem a pena...por hora.
Nada que eu conheço se iguala a seu poder, tanto de destruição quanto de dar propósito.
Recuso a permanecer neste estado. Começarei a restringir novamente. Não aguento a culpa ou me ver desta forma.

Beijss

sábado, 15 de abril de 2017

Tantas de nós...

Olá

Tanta de nós estamos presas por nossos desejos, promessas e projetos de auto destruição... de amor próprio...
Não conseguiria jamais calar essa voz em minha mente que constantemente  me diz que sou insuficiente. O espelho mostra a verdade, os fracassos acumulados, a falta de controle.
Nao tenho muitas palavras pra dizer.

Beijss

quarta-feira, 15 de março de 2017

Olá

A mesmice de dias vazios de eventos ou emoção. Um loop eterno de quases...
Eu quero perder peso. Não... eu preciso perder peso.

Detesto esse peso normal, detesto esse corpo que não corresponde ao meu desejo. Não quero ser assustadoramente magra, só suficiente  para trazer paz de espirito.


sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Essa semana

Ola


Será que acumulei um Karma ruim ?  Nasci destinada a passar por mais obstáculos do que o normal ?
Não sei de nada... Me decepciono com as coisas, pessoas e a vida.
Sigo, continuo... sempre em frente. Pouco importa o fato que estou exausta e não quero levantar da cama.

Na faculdade as coisas vão bem, entretanto não perfeito, oque me consome por dentro. Porque diabos não consigo aceitar?! Encontro conforto no fato puro e simples de que sou capaz. Talvez eu precise de uma mudança... Nota 10/9 não significam muita coisa e nota 8/7 não é algo assombroso.


Me pesei essa semana 55kg, sorri por um momento, mas não acredito nesse numero, meu corpo continua detestável, continuo comendo, não tenho o controle e de que adianta tudo se não alcanço meu desejo?! Talvez com 52 kg as coisas mudem, provavelmente não! Porem melhor do que a alternativa.

Skinny  ❤❤❤❤❤❤❤

As coisas na casa onde moro me deixam muito mal, a situação e a convivência estão insuportáveis. Ano que vem vou para um kit e só tem mais uma semana de aula.Pra minha felicidade!!

Beijss

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Quero sentir algo

Olá


Há dias sinto sua presença, tentei ignorar numa esperança que fosse embora. Inocência, pois ela nunca parte, é uma presença que não posso exorcizar.

Acordo e a primeira coisa que faço é chorar, o vazio que sinto em meu peito é maior que eu, sinto como se fosse desaparecer sob seu peso.
A possibilidade de estar presa novamente nas artimanhas de uma doença que não me deixa ir, e sejamos honestos que eu também não permito ir embora totalmente, me desespera.

Não consigo olhar no espelho, me concentrar o suficiente pra fazer os trabalhos da faculdade, interagir com as pessoas, dentro da minha cabeça parece que despejaram concreto...

Minha solitude incomoda, proporciona espaço para ela crescer e expandir, até dominar tudo que me pertence.
Imaginar, os devaneios são os únicos remédios disponíveis, permitem uma fuga temporária. Neles experimento das doces experiencias que sei que não terei, em realidade a minha vida é essa, sonhar com algo que não tornará realidade e fingir que tudo está bem.

Amanda, a engraçada, a louca, a inteligente, nerd, super bem resolvida com seus fantasmas. Suas cicatrizes são passado, certo?

A cura momentânea para isso eu já conheço, uma garrafa de vodka e minhas laminas... Seriam suficientes para me manter de pé por mais algum tempo.

Como lidar  que hoje eu não quero morrer, pois nem ligo o suficiente pra desejar o fim.
Quero ser uma garota "normal" de 22 anos. Curtindo a minha vida, a minha juventude. Não entendo essa prisão que  minha própria mente cria me impedindo de viver completamente.

Estou acostumada entretanto, mas gostaria de não estar. Sentir dor seria melhor que estar anestesiada.

Beijss