music


terça-feira, 21 de junho de 2016

Quem eu sou?

Ola

A recuperação é difícil esse é um fato conhecido, é um processo doloroso, longo e cheio de altos e baixos ( sinceramente mais baixos), você nunca sabe se já chegou lá, se realmente esta "melhor", será que realmente eu tinha um problema? Uma doença...? Não estava tão mal, não cheguei tão baixo...
blah, blah, blah

Ainda há o grande problema, se você passou anos naquela situação, você começa a se questionar: Quem eu sou sem depressão, transtorno alimentar, sem me cortar, beber etc ?

Quem eu sou ponto de interrogação, pronto.

A minha resposta? Eu não sei...
Eu não sei quem sou. Passei tempo demais tentando me destruir, pra poder saber quem sou realmente.
Minhas descobertas até agora?! Que eu sou parte meu passado, minhas cicatrizes, escolhas, minha doença, meus vícios... Também sou minhas paixões, meus talentos (eu tenho algum?!), meus sonhos, meu futuro e a ilimitada possibilidades à minha frente ...

O futuro me assusta, o passado parece que está sempre aqui, mas eu continuo aqui numa luta diária pelo presente.

Essa que vos fala, a Mandy é mulher, é negra, é feminista,é nerd, é estranha, problemática, solitária carente...
É triste... Já foi feliz?! Não sei. Vai ser feliz? Não sei.
A verdade é a incerteza e irrogavelmente a morte.

Estou me descobrindo, me reconstruindo depois de tanta artilharia que levei nesses últimos 4 anos da minha.
Espero nunca parar de me construir, espero nunca mais esperar de mim perfeição. Aprender a errar é a lição maior. Essa ainda tenho que dominar...

Beijss